Greenpeace realiza expedição no Pólo Norte

Nick Cobbing/Greenpeace

O Greenpeace está com um projeto ativo que irá testemunhar os efeitos que o aquecimento global está causando no Ártico. Trata-se de uma expedição pela região que terá duração de três meses. O objetivo é registrar os mais notáveis impactos que as mudanças climáticas estão causando nesses locais.

Os efeitos foram visíveis principalmente na geleira de Petermann (foto), localizada no Norte da Groelândia, que até o fim de 2009 poderá ter uma superfície de aproximadamente oito mil campos de futebol desprendida por conta do derretimento e no canal de Robeson, que teve uma notável redução na camada de gelo nos últimos tempos. Uma das espécies com maior risco de extinção pelo aquecimento global é o urso polar.

A UOL Notícias publicou em seu site que, de acordo com o Centro Nacional de Dados da Neve e do Gelo (ligado à Universidade do Colorado, EUA), a porcentagem de camadas de gelo do Ártico que estão ameaçadas por derretimento é de 70%. Há a estimativa que até o final desse ano poderá ter-se o maior índice de derretimento da camada de gelo no local.

As constatações estão sendo publicadas no blog: http://weblog.greenpeace.org/climate.

Fonte: UOL Notícias

Anúncios
Esse post foi publicado em papo sério e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s