Soja no diesel

Em Curitiba, a Prefeitura está começando a testar o uso do biocombustível B-100 (sem adição de diesel convencional) em ônibus do sistema de transporte coletivo. O combustível é fabricado a partir da soja e reduz em 50% a emissão de poluentes. Na primeira fase, o teste vai se concentrar em uma linha de ônibus: seis veículos vão usar o novo combustível e terão o seu desempenho comparado com outros seis que utilizam diesel comum. Para colocar a ideia em prática foi preciso juntar os fabricantes dos ônibus, as empresas operadoras do transporte, a poder público e institutos de pesquisa. O Ministério das Minas e Energia está de olho no teste. Quem sabe não sai daí uma alternativa nacional?

Anúncios
Esse post foi publicado em Neurônios a mil e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Soja no diesel

  1. Anonymous disse:

    Curitiba de novo dando exemplo !
    Muito boa essa noticia…
    Parabéns, Judith !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s