Água mata mais que guerras

Foto: Jornal Metro

Ativistas dão uma corzinha verde para a água na Argentina

Não. A água não está pegando em armas e atacando todos os seres humanos que vê pela frente. Essas mortes são causadas pela própria ação do homem, que polui e contamina esse bem natural, fazendo com que a água cause mais mortes do que todas as formas de violência, contando até mesmo com as guerras.
“Essas mortes são uma afronta para a humanidade e minam os esforços de muitos países para atingir seu potencial de desenvolvimento”, afirmou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, no Dia Mundial da Água.
Segundo o relatório Água Doente, publicado ontem pelo Programa Ambiental das Nações Unidas (UNEP), dois milhões de toneladas de resíduos são lançadas diariamente nos rios e oceanos, que contaminam 2 bilhões de toneladas de água. O resíduo é composto, principalmente, pelo esgoto, poluição industrial, pesticidas agrícolas e resíduos animais.
De acordo com os cálculos da ONU, a cada 20 segundos uma criança com menos de 5 anos de idade morre por causa de doenças relacionadas à falta de saneamento báscio e de acesso à água potável. Isso significa 1,8 milhão de mortes por ano.
Para o diretor da Unep, Achim Steiner, em entrevista veiculada pelo portal Último Segundo, o ser humano deve aprender a tratar o seu esgoto. “Se o mundo pretende sobreviver em um planeta de 6 bilhões de pessoas, caminhando para mais de 9 bilhões até 2050, precisamos nos tornar mais inteligentes sobre a administração de água de esgoto. O esgoto está literalmente matando pessoas”, relatou.
Anúncios
Esse post foi publicado em papo sério e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s