Doce plástico

Foto: Imperial College London

Se for gostoso eu até como

Um grupo cientistas da Imperial College, do Reino Unido, encontrou uma saída sustentável para um dos principais problemas das sacolas de surpermercados e outros filmes plásticos utilizados para embalar alimentos: torná-los biodegradáveis.

O plástico “biorenovável” é feito a base de um polímero obtido a partir de biomassa de grama e árvores. E com dois detalhe: os cientistas tiveram o cuidado de não utilizar fontes alimentícias no desenvolvimento da biomassa e não há nenhum tipo de derivado de petróleo na composição.

Para ser comercialmente viável, o plástico precisa ser fabricado em larga escala, explica a responsável pela pesquisa, Charlotte Williams, que a expectativa de a tecnologia chegar ao mercado dentro de dois a cinco anos.

Veja mais detalhes no site do Imperial College.

Anúncios
Esse post foi publicado em Neurônios a mil e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s